Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

Tecnologia Achix
Busca
Busca Avançada
Entrar | Não é cadastrado?
Você está em: Início » Jornal iTEIA » LUAN SANTANA ESNOBA IMPRENSA E FÃS NO CAMAFORRÓ

Jornal iTEIA

23.06.2018 - 12h00

LUAN SANTANA ESNOBA IMPRENSA E FÃS NO CAMAFORRÓ

Cantor está sendo acusado de ser esnobe pelos fãs e profissionais de imprensa

Roberto Leal

ampliar Divulgação/Internet
O cantor Luan Santana


O Camaforró é uma das festas mais tradicionais do
município de Camaçari, na Bahia, festa essa que entrou definitivamente para o calendário
de entretenimento da região. Um fato curioso chamou atenção de todos no segundo
dia da festa, que teve como atração principal o cantor Luan Santana, fechando a
noite e a grade de apresentações. É que o cantor exigiu uma espécie de
isolamento com um gradeamento para a sua entrada no camarim, contra o assédio
dos fãs e da imprensa, atendeu sob sua exigência, só alguns profissionais de
imprensa e determinado número de fãs, por isso foi xingado e hostilizado por alguns
pais de fãs e admiradores, além dos profissionais de imprensa, que acham a
postura do cantor incorreta e infeliz, para com a sua carreira.
Tal fato gerou polêmica como também foi registrado na noite
da sexta-feira próximo passada (15/ 6), em Caruaru, agreste de Pernambuco, onde
agiu da mesma forma e isso vêm dividindo opiniões. Seria um ato de
discriminação com o Nordeste, já que agora aconteceu também em Camaçari?


 


Primeiro foi a vez do cantor Renatinho abrindo a
noite, depois o público teve a banda “O Bando Januario”, para em seguida dançar
ao som da banda “Catuaba com Amendoim”.  Já às 22 horas sobe ao palco com o seu Forró
Pé de Serra autentico e cantando sucessos como “Ana Maria”, na segunda noite de
atrações do São João, o cantor Santana fez o público dançar com entusiasmo ao
som dos seus maiores sucessos. “Ana Maria é um fenômeno, são mistérios que o
invisível provoca... Não é a gente que escolhe a música, é a música que escolhe
a gente, porque se fosse a gente que escolhesse todo mundo fazia sucesso”,
enfatizou o cantor.


 


Encerrando a noite com o cantor Luan Santana, que
levou os poucos fãs ao delírio, diante também das fortes chuvas que se abateram
sobre a cidade momentos antes da sua apresentação, encontrou um público de
pouco mais de 10.000 pessoas, sendo que na noite anterior o cantor sergipano
Devinho Novaes foi recebido por um público de aproximadamente 60.000 pessoas, “para
mim isso é uma negação, ele passa não fala com ninguém, se esconde, usa chapéu,
como se escondesse. Ficamos esperando até às 4 horas da manhã, esperando para
poder falar com ele, tirar uma foto ou até mesmo pegar em sua mão. Isso para
mim é decepcionante”, disse Alan Johnson, de 15 anos. Esse tipo de notícia tem
tomado conta das redes sociais nos últimos dias, fazendo assim uma imagem
negativa do cantor diante da sua popularidade entre as crianças e os
adolescentes que curtem a sua música. “lamentável um fato como esse acontecer com
todos os fãs e admiradores, levando em conta que o seu cachê é pago pelo povo
da cidade e ele agir dessa forma, desaprovo”, disse Gessilane Sousa, fã de 29
anos.


 


Foto Luan Santana: Divulgação


  


Publicado por: Roberto Leal em 23.06.2018 às 12h21
Tags: são joão, luan santana, musica sertaneja, camaforró
Canais: Música

Este conteúdo tem 0 Comentários

Neste espaço não serão permitidos comentários que contenham palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. A equipe do portal iTEIA reserva-se no direito de apagar as mensagens.

Deixe um comentário








Parceiros
Cooperação
Integração
Realização
Patrocínio

Ir para o topo