Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

Tecnologia Achix
Busca
Busca Avançada
Entrar | Não é cadastrado?
Você está em: Início » Jornal iTEIA » Regional Sul do MinC busca estreitar laços entre Ministério e representações culturais

Jornal iTEIA

03.06.2011 - 11h30

Regional Sul do MinC busca estreitar laços entre Ministério e representações culturais

Pontão Ganesha

ampliar Thiago Skarnio
Auditório Casa Mario Quintana

Em maio, a Regional Sul do Ministério da Cultura (MinC), deu continuidade à sua proposta de promover uma maior aproximação entre a direção do Ministério e as lideranças e representações culturais dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Depois de Marta Porto, que em abril esteve em Florianópolis e Porto Alegre participando do “Encontros Rumo à Cidadania Cultural”, foi a vez do Secretário Executivo do MinC, Vítor Ortiz, e do Presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), Antônio Grassi, participarem de uma produtiva - e de certa forma, esclarecedora - conversa com a comunidade cultural de Porto Alegre.

Mais de 200 pessoas lotaram o auditório da Casa Mário Quintana na tarde de 23 de maio, uma segunda-feira, e ficaram durante mais de três horas ouvindo os convidados apresentarem suas metas de trabalho, e discutindo as propostas das políticas públicas federais de fomento às artes. A presença maciça do público comprovou que a iniciativa da Regional Sul veio ao encontro das ansiedades e necessidades de artistas, produtores e gestores culturais, que têm sua atuação diretamente influenciada pelas ações do MinC.

“Sabemos o quanto são importantes esses encontros, e como as pessoas sentem a necessidade de ouvir determinadas declarações diretamente dos representantes do Ministério”, explicou Margarete Moraes, coordenadora da Representação Regional do MinC, que organizou e conduziu o evento.

Grassi e Ortiz se revezaram em falas que em alguns momentos conquistavam apoio e em outros, provocavam críticas. Assuntos relacionados ao Sistema Nacional de Cultura, reforma da Lei de Direitos Autorias e o orçamento da pasta para 2011 foram alguns dos tópicos tratados, funcionando como uma espécie de resposta às críticas que a atual administração do MinC tem recebido desde a posse, em janeiro.

Independente do tom, o discurso serviu para que tanto Grassi quanto Ortiz ponderassem sobre desafios e metas para qualificar e avançar nas ações e políticas culturais do MinC.

Entusiasmada com o resultado alcançado pelos encontros até agora realizados, Margarete Moraes adianta que a agenda de eventos vai se estender até que os estados do sul sejam visitados pelos presidentes e dirigentes de todas as setoriais do Ministério da Cultura, se possível ainda em 2011. “Observamos que existem demandas às quais tentaremos atender o mais breve possível. Os próximos encontros ainda não estão definidos, pois dependemos das agendas dos convidados, mas nossa meta é colocar a região Sul no roteiro de todos eles”, explicou. O importante, segundo afirma, é não deixar que o estreitamento dessa relação retroceda depois do que considera uma conquista inédita.

De acordo com Margarete Moraes, a diretora da Secretaria de Economia Criativa do Ministério, Cláudia Leitão, e Henilton Parente de Menezes, da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura (SEFIC), devem ser os próximos convidados da Regional para o "Encontros com o Ministério da Cultura", ambos com datas e locais ainda não confirmados.

Publicado por: Vivian Camargo em 03.06.2011 às 11h37
Tags: cultura, minc, ponto de cultura, regional sul
Canais: Cultura Digital

Este conteúdo tem 0 Comentários

Neste espaço não serão permitidos comentários que contenham palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. A equipe do portal iTEIA reserva-se no direito de apagar as mensagens.

Deixe um comentário








Parceiros
Cooperação
Integração
Realização
Patrocínio

Ir para o topo