Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

Tecnologia Achix
Busca
Busca Avançada
Entrar | Não é cadastrado?
Você está em: Início » Textos » PROGRAMA LIVRO ABERTO PREVÊ A INSTALAÇÃO DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS EM TODO O BRASIL

Textos

PROGRAMA LIVRO ABERTO PREVÊ A INSTALAÇÃO DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS EM TODO O BRASIL

Cidadania e igualdade de direitos se faz pela leitura e acesso ao conhecimento

O livro acompanha a evolução cultural do homem desde a Idade Média, e é um artigo que, desde a confecção do seu primeiro exemplar, confere ao leitor conhecimento e sabedoria, tornando legítimo a posição do homem como agente social. O acesso as obras impressas sempre representou poder e soberania a quem as detinha, realidade que permanece até os dias de hoje, quando o livro continua sendo um dos principais objetos de disseminação de conhecimento. Inquestionavelmente mais popular do que no tempo dos monges copistas europeus, o livro leva em si uma riqueza sem tamanho: o direito à cidadania e poder de pertencimento à sociedade (inclusão social).

 

Em 2003 foram apontados 1.173 municípios brasileiros sem bibliotecas, e para garantir o acesso dos brasileiros ao livro e leitura, foi criado em 2004 o Programa Livro Aberto, que busca implantar bibliotecas públicas em todas as cidades do Brasil. Segundo dados do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, em 2008 apenas 330 cidades permanecem nessa situação. A região Nordeste, que inicialmente foi indicada como a mais carente em municípios sem bibliotecas (688 cidades), apesar do avanço do programa continua sendo a região com maior número de cidades sem esse equipamento. Se estima que 75% das cidades brasileiras que ainda não possuem bibliotecas públicas, estão situadas no Nordeste, enquanto na região Sudeste menos de 1% permanece nessa situação.

 

Os resultados do programa já podem ser percebidos. Só no estado de Alagoas, onde foram apontados 25 municípios sem biblioteca no início do programa, até o fim de 2008 serão instaladas as duas bibliotecas restantes. Para Wilma Nóbrega, representante do Nordeste na Lei do Livro, o avanço em Alagoas, foi possível graças ao trabalho de parceria estabelecido entre governo federal, prefeituras e sociedade civil. “Em Alagoas a implantação das bibliotecas se deu a partir de um trabalho conjunto, que foi fortalecido através de capacitações com os gestores das bibliotecas e muita divulgação dos benefícios que a biblioteca pode trazer para a comunidade.” Ela ressalta ainda a necessidade de acompanhar as ações realizadas nesses acervos, para perceber se a sociedade está fazendo uso desse serviço, e se está sendo incorporada nas atividades promovidas nas bibliotecas.

 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, garante que o Programa vai atuar no desenvolvimento de outras ações na área de políticas públicas de livro e leitura. “Nosso propósito é implantar uma política de Estado para o livro e a leitura, construída em diálogo com a sociedade que transcenda este ou aquele governo e garanta programas permanentes e ações continuadas de fomento ao setor."

 

Os municípios que ainda não possuem bibliotecas públicas e desejam ser beneficiados pelo Programa Livro Aberto, podem requerer a instalação do equipamento à Fundação Biblioteca Nacional - FBN. Para isso a prefeitura deve dispor de espaço adequado e de fácil acesso à comunidade, e se responsabilizar pela manutenção da biblioteca, contratando mão de obra e serviço. O governo federal, por intermédio do FBN se responsabiliza pelo repasse de verba para instalação da biblioteca com um acervo de 2.000 títulos (obras literárias, técnicas e de referência), móveis, computador, aparelho de som e DVD.

 

PROGRAMA

 

No Brasil, segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, realizada em 2001, 73% dos livros estão concentrados em apenas 16% da população brasileira, e 6,5 milhões de brasileiros, da camada mais pobre da população, disseram não ter nenhuma condição de adquirir um livro. Esse número é um retrato da situação da leitura e da consequente exclusão de grande parte dos brasileiros quanto ao conhecimeto e discernimento das coisas, e tornou evidente a necessidade de políticas públicas na área de livro e leitura.

 

Para tentar mudar esse cenário foi criado, em 2004, o Programa Livro Aberto, uma parceria do Ministério da Cultura e da Educação, sob coordenação do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas - SNBP, da Fundação Biblioteca Nacional. O projeto pretende instalar, até 2008, bibliotecas públicas em todos os municípios que ainda não a possuem, zerando o número de cidades sem biblioteca no Brasil. O Programa prevê a aplicação de recursos federais para a instalação e ampliação do acervo público de livros, estabelecendo parceria com as prefeituras, responsáveis por ceder o espaço e manter a biblioteca. Para o Ministro da Cultura, Gilberto Gil, esta ação possibilita não só o acesso a leitura, como também a construção da cidadania. “Encaramos neste governo o conjunto de políticas que possibilitam a ampliação do acesso ao livro e à leitura como políticas fundamentais para a construção plena da cidadania em nosso país. Acompanhamos nisso a ONU, que incluiu no Relatório de Desenvolvimento Humano o acesso a bens, serviços e equipamentos culturais como componente do Índice de Desenvolvimento Humano.”

Saiba mais sobre o Livro Aberto, acesse: www.bn.br/.

Para adquirir mais informações sobre como instalar uma biblioteca pública em sua cidade entre em contato com a Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura: (81) 3224.0561.

 Foto: FBN Divulgação

Documentos anexados

Visualizações: 3.099
Gostou?! Então vote!
  • 1 pessoas votaram Sim
  • 0 pessoas votaram Não
Esse conteúdo foi criado por:
Autorizado por:

Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura em 17.04.2008 às 18h46

Direitos Autorais:
Domínio Público Domínio público
Este Conteúdo faz parte dos canais:

Este conteúdo tem 2 Comentários

Neste espaço não serão permitidos comentários que contenham palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. A equipe do portal iTEIA reserva-se no direito de apagar as mensagens.

  1. iraides costa Silva Dias comentou:
    em 28.06.2010 às 12:47

    A comunidade do município, de Novo Gama-Go.Estão feliz.

  2. Pedro Tavares Folha comentou:
    em 25.10.2010 às 23:44

    O Pólo de Apoio Presencial Rio Parnaiba, precisa de apoio bibliografos devido a cidade ser pequena não temos livros de modo que os alunos dos cursos de graduação em Filosofia, Pedagogia, Administração não tem como pesquisar. Assim precisamos de livros para pesquisas em todas as areas.

Deixe um comentário








Parceiros
Cooperação
Integração
Realização
Patrocínio

Ir para o topo